sábado, junho 22, 2024
InícioPolíciaPolícia Civil prende funcionário de casa lotérica por furto de valores da...

Polícia Civil prende funcionário de casa lotérica por furto de valores da conta de cliente em Antônio João

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia Civil de Antônio João-MS, prendeu em flagrante, nesta segunda-feira, 22/01, um funcionário de uma casa lotérica pelo crime de furto mediante fraude. O crime ocorreu durante a tarde. O autor teria subtraído valores da conta de uma cliente.

De acordo com o que se apurou, a vítima, uma mulher de 35 anos de idade, se dirigiu até a casa lotérica da cidade para realizar um saque de R$ 750,00 de seu benefício social do Bolsa Família. Conforme a declaração da vítima, ela possuía um saldo de R$ 1.152,42.

Ao efetuar o saque pretendido, a mulher retornou para casa e realizou a consulta do extrato no aplicativo Caixa Tem, momento em que constatou que seu saldo era de somente R$ 0,42 , sendo possível visualizar a ocorrência de dois saques simultâneos na mesma casa lotérica. Diante de tal situação, a vítima ligou para a Delegacia de Antônio João e solicitou a presença da equipe de investigação no local.

Após tomarem conhecimento do ocorrido, os policiais civis questionaram o funcionário da casa lotérica, que primeiramente alegou ter ocorrido um “erro no sistema” e que por tal motivo, os saques simultâneos haviam ocorrido. Ele foi conduzido para a delegacia, apresentou diversas contradições, mas, ao final, confessou ter realizado o saque na conta da cliente, bem como assumiu que não era a primeira vez que cometia o crime.

De posse dos extratos dos meses anteriores, foi possível constatar que ao menos R$ 3.221,00 foram subtraídos da mesma vítima, sempre da mesma forma pelo autor. Foi possível entender que ele havia memorizado a senha do cartão da vítima, e cada vez que ela comparecia na casa lotérica, além do saque pretendido pela cliente, era realizado um segundo saque sem que a vítima percebesse.

Diante dos elementos de informação produzidos, a autoridade policial entendeu por bem autuar o funcionário em flagrante pelo crime de furto mediante fraude, estando ele neste momento à disposição do poder judiciário.

A Polícia Civil alerta à população que nunca repasse senhas para pessoas estranhas, bem como sempre confira extratos bancários logo após qualquer transação financeira. A Polícia Civil está atenta e manifesta seu compromisso de sempre servir e proteger.

Fonte: Policia Civil MS

VEJA TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Matérias

Comentários