sábado, junho 22, 2024
InícioPolíciaAutores de homicídio praticado em Dourados são presos em São Paulo, pela...

Autores de homicídio praticado em Dourados são presos em São Paulo, pela Polícia Civil do MS com apoio das Polícias Rodoviária Federal e Militar de São Paulo

A Polícia do Civil do Mato Grosso do Sul, por intermédio da Seção de Investigações Gerais (SIG) de Dourados, identificou e capturou dois criminosos envolvidos no crime de homicídio que vitimou a pessoa de Eliston Aparecido Pereira da Silva, de 51 anos de idade. Eles foram presos neste sábado, 17/02, pela Polícia Militar de São Paulo, em ação conjunta.

Segundo as investigações a vítima foi morta quando chegava no portão de sua residência por volta das 9h do dia 16 de fevereiro de 2024, com pelo menos de 13 disparos de arma de fogo de calibre 9mm. No local ainda foram encontrados diversos estojos de pistola calibre 9mm.

No carro Fiat Toro, pertencente à vítima, também havia marcas de disparos, indicando que os criminosos efetuaram aproximadamente 30 disparos. Os fatos teriam ocorrido em um avenida movimentada do bairro Santa Fé, no município de Dourados-MS.

Após a execução do crime, a Polícia Civil foi acionada e equipes da SIG se deslocaram para o local do crime e iniciaram as investigações. De imediato, os policiais civis identificaram o veículo usado no crime pelos criminosos, sendo um veículo Fox da Volksvagem, o qual foi abandonado após o crime no bairro Altos do Idaiá e localizado pela PM.

Concluídos os trabalhos iniciais no endereço da vítima, as equipes iniciaram as buscas para tentar identificar e localizar os autores e conseguiram levantar o local onde os criminosos se hospedaram. Também foi descoberto que eles pretendiam torturar a vítima antes de matá-la e já teriam inclusive comprado alguns objetos. 

As investigações apontaram que pelo menos quatro pessoas estariam envolvidas no crime, dentre elas: I.F.O. (23) e F.A.C.I. (33). Também foi possível verificar que um dos criminosos envolvidos nos fatos estava baleado, sendo que este teria sido levado para cidade de Pedro Juan Caballero, para cuidados médicos.

Já I.F.O. e F.A.C.I. tomaram rumo diverso, todavia, por volta das 3h da madrugada do dia 17/02/2024, a equipe policial descobriu que eles, após a fuga de Dourados, teriam se escondido entre as cidades de Nova Alvorada e Campo Grande e embarcaram na tentativa de fuga, por volta das 19h em um ônibus com destino à cidade de São Paulo Capital, em assentos distantes para não demonstrar qualquer vínculo.

Diante das informações e da certeza da participação dos criminosos, a Polícia Civil do Mato Grosso do Sul entrou em contato com equipes do posto policial da Polícia Rodoviária Federal em Dourados e também com a Polícia Militar de São Paulo destacada no CPA/M-5, 4BPM/M 3CIA, Pelotão Bravo, subsidiando eles das informações do suspeitos, bem como da localidade de parada que seria no terminal rodoviário da Barra Funda-SP.

As equipes foram até o terminal, mas os criminosos já haviam desembarcado do ônibus, no entanto, a equipe mencionada da PMSP conseguiu com a expertise do local achar os autores que estavam escondidos, aguardando um veículo de aplicativo para um destino dentro da cidade de São Paulo.

Após captura a equipe SIG de Dourados fez contato com o DRACCO (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado) da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul, e solicitou a cooperação para o recambio dos presos, que deverá ser realizado neste domingo, 18/02, após a audiência de custódia que será realizada na cidade de São Paulo.

Em relação às razões da morte, diferentemente do que foi veiculado em alguns canais de imprensa, não há qualquer informação verificada da morte ter ocorrida por causa de um dívida referente a envolvimento com o tráfico, todavia a vítima era pessoa com sua vida dedicada ao crime. Já em relação aos demais envolvidos a equipe SIG de Dourados já tem a identificação e trabalha na tentativa de capturá-los.

Fonte: Policia Civil MS

VEJA TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Matérias

Comentários