domingo, junho 23, 2024
InícioAgendaMS Day internacional: Governo vai mostrar potencialidades do Estado e atrair investidores...

MS Day internacional: Governo vai mostrar potencialidades do Estado e atrair investidores em Nova Iorque

Com ambiente favorável aos negócios, crescimento acima da média nacional e ritmo acelerado na diversificação da matriz econômica, Mato Grosso do Sul é classificado pelo mercado como “a bola da vez” para quem pretende fazer investimentos. Os números mostram que, no ritmo atual, o PIB industrial pode dobrar em cerca de uma década. Cenário considerado ideal para atrair novos negócios durante o MS Day Internacional, que será realizado em Nova Iorque (EUA) entre os dias 12 e 17 de maio de 2024.

O evento fará parte da Brazilian Week, semana com discussões sobre desafios do cenário internacional e da economia brasileira. Os detalhes do atual cenário econômico e do evento em terras norte-americanas foram apresentados nesta segunda-feira (6) durante entrevista coletiva com a presença o governador Eduardo Riedel e do presidente da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), Sérgio Longen.

Somente neste ano serão R$ 33 bilhões em investimentos privados, com estimativa de geração de 14,5 mil novos empregos diretos na indústria de transformação até 2028. Números positivos que serão usados para mostrar o quanto vale a pena investir no Estado neste momento.

“Estamos recebendo muita ligação, muito interesse de grupos empresariais querendo vir aqui. Em Nova Iorque vamos ter a oportunidade de sentar com executivos dessas principais empresas”, disse Riedel.

Foram quatro meses de preparação para a agenda formada por reuniões com instituições bancárias, fundos de investimento, empresários globais e câmaras de comércio. A apresentação de projetos vai girar em torno principalmente das áreas de meio ambiente e infraestrutura, incluindo rodovias e ferrovias.

Além de logística, o governador deu detalhes do que será discutido no MS Day envolvendo sustentabilidade: “A gente passou por uma Lei do Pantanal no final do ano passado. Da mesma maneira que temos projetos estruturantes em infraestrutura, temos projetos estruturantes em meio ambiente. Estamos falando de um Fundo do Pantanal e muitos agentes e atores têm curiosidade de conhecer como podem contribuir para esses projetos relacionados ao meio ambiente”.

Riedel ainda citou exemplos de áreas que podem atrair novos investimentos como cultivo de laranja, processamento de grãos e o avanço da cadeia de produção da celulose para fabricar produtos como papel e embalagens dentro do Estado.

O setor de energia renovável também está no leque de oportunidades para a atrair dinheiro de outros países. “Estamos falando de biogás, expansão, parque industrial para processamento de cana-de-acúçar. Dentro do parque existem novas plantas industriais para avançar não só no biogás, mas na área de bioeletricidade que está sendo bastante demandada”, completou o governador.

Ele lembrou que o cenário favorável é fruto da confiança estabelecida com os empresários envolvendo muita transparência. “Nada disso acontece se o Estado não tiver capacidade de investimento. Vamos lembrar que Mato Grosso do Sul em 2023 investiu 18% da sua receita corrente líquida basicamente em infraestrutura e no sistema educacional. Investimos R$ 600 milhões na reforma das nossas escolas. Então o empresariado ao ver e ao perceber que existe este ambiente sendo formado ele vai construir confiança, isso ao longo do tempo”, ressaltou.

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, descreveu o ambiente econômico do Estado. “De um modo geral a gente tem trabalhado em prol da transferência de riqueza para nossa sociedade. A força da indústria, a força do Governo que vem sendo seguido inclusive por vários estados pelo seu equilíbrio de contas, nas suas ações de gestão estratégica”

Também participaram do evento hoje o vice-presidente da Fiems, Crosara Júnior, a secretária especial de Parcerias Estratégicas do Estado de Mato Grosso do Sul, Eliane Detoni e o secretário de Estado de Governo, Rodrigo Perez.

MS Day – É uma marca criada pelo Governo do Estado e pela Fiems para apresentar as potencialidades de Mato Grosso do Sul. A primeira edição foi realizada em agosto do ano passado em São Paulo (SP), com participação de mais de 400 empresários na sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI). O evento culminou no anúncio da prospecção de R$ 5,5 bilhões em novos investimentos para o Estado.

Entre os investimentos captados no evento realizado no ano passado que já saíram do papel está o da indústria Inpasa em Sidrolândia no valor de aproximadamente R$ 2 bilhões. Atualmente 2 mil pessoas trabalham na obra.

“Foram fechados também no MS Day R$ 1,2 bilhão em Caarapó, de etanol de segunda geração. Estamos na fase de finalização da licença de instalação, então a obra começa agora neste segundo semestre e também naquele momento foi fechada uma indústria na área de suinocultura que é em torno de R$ 2 bilhões”, lembrou Jaime Verruck, secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação.

Danielly Escher, Comunicação do Governo de MS

Fotos: Saul Schramm

ATENÇÃO IMPRENSA: O pack está disponível em https://drive.google.com/drive/folders/1tGh6U9SCeoCcCpkGUUr8pJ9w4dN5R4by?usp=drive_link.

VEJA TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Matérias

Comentários