sábado, junho 22, 2024
InícioDestaqueEstudantes e administrativos da educação voltam às aulas conectados à Infovia Digital

Estudantes e administrativos da educação voltam às aulas conectados à Infovia Digital

Nova rede de conectividade e tecnologia de ponta chega as escolas de Campo Grande. Os estabelecimentos escolares da Capital estarão conectados pela fibra óptica implantada pela Infovia Digital. Alunos e servidores da Rede Estadual de Ensino já podem contar com acesso nesta quarta-feira (21), no retorno do ano letivo.

A rede de conectividade e tecnologia de ponta que ligará todo Mato Grosso do Sul contará com 7 mil quilômetros de rede de fibra óptica interligando os 79 municípios sul-mato-grossenses. Na prática, como a rede de fibra óptica é dedicada, os serviços permitem a conexão interna (intranet) ligando todos os 1.634 pontos do Estado, integrando políticas públicas, segurança de sistemas, sistemas informatizados e melhorando a gestão de contratos e processos administrativos.

A Rede Estadual de Ensino conta com 82 escolas em Campo Grande. A Infovia digital implantou a rede de fibra óptica em todas as unidades que estão ativas, ou seja, 71 escolas estão conectadas à Infovia Digital. As outras onze escolas estão em obras, reforma ou mudança de endereço. Assim que finalizadas as readequações, as escolas receberão automaticamente o sinal da Infovia Digital. 

Algumas escolas, que recebiam conexão por par metálico e capacidade limitada de 2MB, sentirão melhoria da qualidade de tráfego de dados e internet de forma imediata, pois passam a receber 30MB de rede dedicada, refletindo em mais qualidade nos serviços oferecidos.

Eliane Detoni, secretária de Parcerias Estratégicas, confirma a importância da implantação da Infovia para as áreas estratégicas do Estado. “A Infovia digital é um projeto transformador do Governo do Estado. Refletirá benefícios para várias áreas importantes, como a educação. Cumpre os pilares de inclusão digital, economicidade e inovação das boas práticas no serviço público”.

Segurança de acesso e de informações são os principais benefícios com a mudança da rede antiga para a nova tecnologia de ponta oferecida. A nova rede proporciona melhor controle de tráfego, permissão de acessos e transparência – de quem acessa e do que acessa – dentro da rede da Infovia, além da consequente rapidez na transmissão de dados e conexão com a internet.

Secretário de Estado de Educação, Hélio Daher, comenta a importância da conectividade nas escolas. “Nós estamos muito felizes com a chegada da Infovia nas escolas estaduais. Todo investimento que nós estamos fazendo em tecnologia, seja na aquisição de kits de robótica, na equipagem dos laboratórios de informática ou na questão das lousas digitais, só faz sentido com a conectividade. É isso que a Infovia leva hoje para as nossas escolas e eu tenho certeza absoluta que com essa nova parceria, com essa nova estrutura de conexão, a gente ainda vai mais longe na melhoria da qualidade da aprendizagem dos estudantes da Rede Estadual de Ensino”.

   

Infovia em números

A implantação da Infovia Digital deverá estar totalmente concluída até dezembro de 2024. O contrato prevê instalação de 7 mil quilômetros de rede de fibra óptica, que vão interligar 1.634 pontos de acesso do Governo do Estado, 15 mil ramais VOIP, wi-fi público em 129 praças públicas e câmeras de monitoramento.

Em todos os municípios serão implantadas – ao menos em uma praça pública – serviço de wi-fi com acesso gratuito disponível para a população. Nessas mesmas praças serão conectadas câmeras de monitoramento remoto, auxiliando os serviços de segurança pública e socorro.

O avanço digital engloba vários serviços, como o de telefonia. Todo o sistema do Governo será substituído por ramais VOIP, com conexão de fibra óptica. A proposta deve reduzir os custos com telefonia clássica do Estado, solução mais moderna e que possibilita integração com outras ferramentas dentro dessa rede.

Laine Breda, Comunicação EPE

Fotos: Edemir Rodrigues

 

 

Fonte: Agencia de Notícias – MS

VEJA TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Matérias

Comentários