domingo, maio 26, 2024
InícioPolíticaAGEMS intensifica inspeções de redes rurais de energia para prevenir incêndios no...

AGEMS intensifica inspeções de redes rurais de energia para prevenir incêndios no Pantanal

A inspeção nas redes de distribuição de energia elétrica em áreas rurais realizada pela Agência Estadual de Regulação (AGEMS) chega ao Pantanal. Com a aproximação do período de estiagem, a preocupação é com as ocorrências de incêndios florestais na região do bioma.

A Agência iniciou uma campanha para mitigar as causas de fogo devido a problemas em redes danificadas ou em más condições de conservação.

“Em função da localização e da importância desse ecossistema, é necessária uma análise abrangente de vulnerabilidades das redes elétricas situadas em áreas críticas de Mato Grosso do Sul”, explica o diretor de Gás, Energia e Mineração, Matias Gonsales. “Essa avaliação envolveu múltiplos aspectos – técnicos, sociais, ambientais e econômicos -, incluindo a segurança de redes de transmissão e de distribuição de energia”.

Portal do Pantanal

Ao longo de uma semana, equipe da Câmara Técnica de Energia (Catene) realizou inspeções em áreas rurais dos municípios de Aquidauana e Anastácio, principalmente naquelas que atendem parte do Pantanal. Esses munícipios, a cerca de 130 quilômetros da Capital, na direção Oeste, são considerados portais de entrada do bioma pantaneiro.

A fiscalização incluiu reuniões com os representantes da concessionária Energisa, entrevistas com proprietários rurais e a inspeção para verificação das condições de conservação dos ativos de distribuição das redes e ramais que atendem aquela região do estado.

“A participação dos representantes da distribuidora, dos proprietários rurais e da comunidade pantaneira foi fundamental para o atingimento da meta de antecipar quaisquer riscos de incêndios florestais causados por redes elétricas em condições anormais ou precárias”, ressalta o engenheiro da Catene, Paulo Ajeje.

Segurança e preservação da vida

A preocupação permanente com a segurança da distribuição rural de energia considera a sensibilidade desse ecossistema único.

Inspecionar in loco a região, significa se deparar com a realidade de um ambiente onde fauna e flora exuberantes coabitam com as estruturas de postes, transformadores e linhas que fazem a eletricidade chegar a propriedades produtivas e a residências pantaneiras.

Flagrantes registrados pelos engenheiros da AGEMS são símbolos que atestam a importância das ações preventivas para assegurar as condições adequadas das redes de distribuição e, principalmente, que a energia elétrica não seja causa de destruição.

Fonte: AGÊNCIA ESTADUAL DE REGULAÇÃO DE SERVIÇOS PÚBLICOS DE MS

VEJA TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Matérias

Comentários