sexta-feira, maio 17, 2024
InícioDestaqueGerenciamento de riscos estratégicos é tema de seminário realizado pela Segem

Gerenciamento de riscos estratégicos é tema de seminário realizado pela Segem

Na última sexta-feira (22), servidores da Secretaria Executiva de Gestão Estratégica e Municipalismo (Segem) participaram do seminário sobre “Gerenciamento de Riscos na Estratégia de Governo”.

Ministrado pelo Coordenador de Estudos, Análises e Riscos Estratégicos da Segem, Mateus Abrita o tema trouxe conceitos, ferramentas e estruturas para mitigações de riscos nas estratégias de governo. A metodologia apresentada foi no modelo de processos baseada na ISO 31000.

A ISO 31000 é uma norma internacional que estabelece diretrizes e princípios para a gestão de riscos em organizações. Ela traz orientações sobre como devem ser identificados, avaliados, monitorados e controlados os riscos que podem afetar os objetivos e a entrega final. E esclarece como esse processo impacta na tomada de decisões para lidar com as ameaças de maneira eficaz.

O Coordenador Mateus destaca que para os gestores públicos que atuam na elaboração de estratégias para gestão de projetos do governo, as técnicas apresentadas fazem toda diferença na execução das ações.

“A troca de informações, a aplicação de metodologias e boas práticas no gerenciamento de riscos estratégicos é fundamental para o governo fortalecer uma postura proativa em relação ao que pode ameaçar uma ação ou projeto a não dar certo. Nesse sentido, esse seminário é uma oportunidade profícua para os gestores públicos estaduais presentes”, disse.

No gerenciamento de riscos é possível identificar as ameaças que podem interferir na entrega final, com análises qualitativas e quantitativas. Com esse processo dá para planejar respostas aos riscos, monitorá-los, controlá-los e elaborar planos de contingência para mitiga-los.

“O risco é analisado por meio de probabilidades e impactos, isso difere risco de uma incerteza, que não pode ser mensurada”, explica o coordenador Mateus.

Durante o seminário houve trocas de experiências entre os participantes que vivenciam os riscos em suas rotinas de trabalho com elaboração de estratégias para ações e projetos de governo.

Para a analista de planejamento da Coordenadoria de Planejamento e Estratégia da Segem, Giovanna Ramos a metodologia apresentada nos deu um norte de como aplicar as técnicas adequadas ao que estamos trabalhando.

“Saber tratar os riscos, tentar mitiga-los, transferi-los ou anula-los por completo e também monitorar o tratamento desses riscos nos dá uma segurança. Isso nos dá condições de mensurar os níveis de riscos que estamos trabalhando, se mais aceitável, tolerável com impactos médios ou baixos”, comentou.   

No final do seminário, o Coordenador Mateus disponibilizou uma ferramenta de gerenciamento de riscos estratégicos elaborado pela Superintendência de Inteligência de Dados da Segem, na qual a sua coordenadoria é ligada.

Ferramenta de gerenciamento de riscos estratégicos fornecido pela Segem para os gestores que participaram do Seminário

A ferramenta foi formulada seguindo as metodologias da ISO 31000 e proporciona mensurar os níveis dos possíveis riscos que podem atingir os objetivos de uma ação ou projeto de governo.

Cronograma de Seminários da Segem

Esse seminário faz parte de uma programação de palestras oferecidas pela Coordenadoria de Estudos, Análises e Riscos (CEARE) da Segem com o objetivo de compartilhar conhecimento, técnicas e informação para o aperfeiçoamento nas rotinas de trabalho dos gestores públicos de MS.

A programação teve início em fevereiro deste ano e já trouxe os temas: Conjuntura recente macroeconômica BR e MS; Rota Bioceânica e os migrantes no MS; e Perfil de gastos públicos no Brasil: União, Estados e Municípios.

O cronograma segue até maio com os assuntos sobre “O Retrabalho na Educação: indicador e estimativa de gastos” e “Mapa da vulnerabilidade do MS”.    

Além dos servidores da Segem, já participaram também gestores da Escolagov, da Sanesul, da Sead (Secretaria de Estado de Assistência Social e dos Direitos Humanos) e da Semadesc (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação).

A Segem

A Secretaria de Gestão Estratégica e Municipalismo (Segem), é ligada a Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov) e tem como Secretário Executivo Thaner Castro Nogueira.

Atua de forma técnica como meio de construir, coordenar, monitorar, avaliar e entregar as ações que constam no planejamento estratégico governamental.

É composta por três superintendências que interligadas operam com o foco nos desdobramentos do mapa estratégico do Governo de Mato Grosso do Sul. São elas: Superintendência de Planejamento Estratégico e Governança; Superintendência de Fomento ao Municipalismo; Superintendência de Inteligência de Dados.

São produtos da Segem o Mapa Estratégico de Governo; Plano Plurianual (PPA); Carteira de Projetos do Governo do Estado; Contratos de Gestão; Mensagem à ALEMS; Painel de Dados; Gerenciamento de Riscos; Estudos, Metodologias e Pesquisas para Estratégias de Governo; Programas de Municipalismo; Programa de Estágio; Programa Vetor Brasil.

Renata Brum, Comunicação Segem

Fonte: Agencia de Notícias – MS

VEJA TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Matérias

Comentários